19 33120697 
portal@destaqueindaiatuba.com  vendas@semanaemdestaque.com.br

Conheço as suas obras, sei que você não é frio nem quente. Melhor seria que você fosse frio ou quente! Assim, porque você é morno, não é frio nem quente, estou a ponto de vomitá-lo da minha boca.” (Apocalipse 3:15-16) Tenho algumas amigas que pensam muito, absurdamente, completamente diferente de mim, porém, conseguimos manter um bom relacionamento. Por quê? Ninguém é obrigado a concordar com ninguém, em primeiro lugar. Depois, acho realmente importante que qualquer que seja seu ponto de vista, que você o defenda com unhas, garras e dentes. Gosto de pessoas que se posicionam diante da vida. É isso. Gosto de pessoas quentes ou frias, mas as mornas... E então, o respeito. Ah! O respeito... Hoje, vemos isso em todos os cenários da vida: político, profissional, escolar, pessoal, familiar. Muitos não querem se envolver, querem ser “políticos”, agradar todo mundo, não causar discussões. Eu abomino isso. Acho que sempre abominei, desde criança. Há varias visões de mundo e desde que embasadas em fontes sólidas, são válidas. Fundamental é ter uma visão e embasar. Só isso. O que não desce é a baixa autoestima, que não permite que as pessoas se abram, se revelem, mostrem seus pensamentos, porque “precisam” ser legais com todo mundo e nunca podem desagradar a ninguém. Precisam desesperadamente de aceitação. Há aqueles que realmente não possuem opinião formada sobre nada, e nesses casos, a situação é ainda mais grave. Pessoas têm opiniões, vivências, experiências, impressões, sentimentos. Cadê?! Somos indivíduos, e como tais, somos únicos. Uma das maiores e mais maravilhosas descobertas da minha vida foi bem cedo, com uns dois anos (segundo minha mãe), que foi quando descobri que eu era livre em meus pensamentos. Podia até “concordar” com ela para não ser castigada por algo, mas em minha mente, continuaria tendo o meu, só meu, pensamento (pense na alegria dela com minha descoberta!). Quer liberdade maior que essa? Somos livres em nossos pensamentos e isso é fantástico! Podemos e devemos pensar e nos expressar. Por que não? E melhor ainda: ninguém precisa concordar conosco. Se tolhermos a liberdade alheia de pensar, de que serve nossa própria liberdade? Então, basicamente, cada um que pense como quiser. Seja quente ou frio. Mas seja. Pense! Posicione-se!

Last modified on Tuesday, 26 April 2016 11:44

Leave a comment

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.